TESTEMUNHO DO TEMPLO DE SALOMÃO


Boa noite, bispo!
Vendo mais uma vez a campanha para ajudar no Templo de Salomão, gostaria de falar, com enorme prazer, acerca do meu testemunho.
Em dezembro de 2011, ouvi o bispo Macedo falar do Templo e fui preenchido com enorme desejo de contribuir.
Independentemente de minha condição financeira na época, que era caótica, doei com alegria. Minhas empresas estavam endividadas e somavam quase 200 mil reais no vermelho. O único dinheiro que tinha, que não era fruto dessas empresas – pois já havia mais de um ano que não retirava um centavo delas –, era um recurso recebido por herança que minha mãe distribuiu entre nós, irmãos, e somava em torno de 20 mil reais, o suficiente para minhas despesas pelos próximos três meses. Todavia, não resolveria o meu problema, além de já vir se esvaindo no decorrer dos meses.
Foi aí que tomei uma decisão e fui até o pastor – na época, o principal de Botafogo (RJ), pastor André –, e doei tudo o que tinha. Para não dizer tudo, me sobraram cerca de 2 mil reais, que serviriam para pagar somente despesas pequenas já assumidas.
Enfim, fiz um desafio, uma prova com Deus, independentemente da alegria e confiança com que decidi ajudar o Templo, Deus tinha de se manifestar. Era tudo ou nada, pois 20 mil reais não pagariam nem 10% das minhas dívidas, além de somente pagar minhas despesas por mais uns dois ou três meses.
Fiz meu sacrifício. Depois disso, o pastor André foi até a minha empresa e determinou que já no mês seguinte Deus faria alguma coisa. Isso foi exatamente no dia 25 de dezembro de 2011.
Bispo, eu só esperei, confiei e continuei fazendo a minha parte. Não foi fácil, pois o diabo me massacrou psicologicamente no dia em que passei o cheque. Porém, em janeiro, o milagre aconteceu. Muitas coisas ocorreram em conjunto que não dá para explicar aqui; só sei que em janeiro mesmo, o impossível aconteceu, os olhos dos grandes se voltaram para nós, uma sucessão de fatos foram ocorrendo que somente Deus poderia fazer. Deus foi trocando pessoa por pessoa, modificando aquilo que até então era impossível; ou seja, estava amarrado havia anos. Mais de um ano que eu não tirava sequer um centavo de lá, além das dívidas, que só vinham se acumulando.
Bispo, em fevereiro, que historicamente é o pior mês do ano, a empresa já vendeu mais do que janeiro, que é o segundo melhor. Isso não ocorreu em nenhuma empresa desse segmento no Brasil. Falo isso porque sei dos números, pois trata-se de uma grande companhia no ramo alimentício, com valores significativos.
Fiz uma doação de 20 mil reais para o Templo, o meu tudo na época, e Deus me devolveu mais de 300 mil até hoje, pouco mais de um ano. As dívidas se foram, além do ano de 2012 ter sido bastante regalado, sem contar com causas na justiça, que estavam presas desde 2004, e foram liberadas ano passado também.
Há mais uma coisa: dei entrada em um apartamento que vale cerca de 1,3 milhão, e o negociei por 850 mil, quando jamais vislumbrei comprar um apartamento; ou seja, além do retorno financeiro, Deus abriu também a minha visão.
Enfim, bispo, é isso. Gostaria de deixar registrado aqui o meu testemunho, para que outras pessoas possam ser também abençoadas.
Agradeço, principalmente, a Deus, e também a ajuda e direcionamento de vocês todos.
Deus os abençoe abundantemente, assim como tem me abençoado.
Grande abraço!
Paulo Grossi.
Fonte: Blog do bispo Macedo

By Sede Vila Sônia with

    • Popular
    • Categories
    • Archives