SEXO EM UM CASAMENTO BLINDADO


Imagine um fabricante de carros onde os funcionários nunca falassem sobre motor de carros. Ou um time de futebol onde os jogadores nunca conversassem sobre preparação física. Ou um restaurante onde o chef e os cozinheiros nunca falassem sobre os ingredientes.

Agora imagine os carros daquela fábrica, o físico daqueles jogadores e os pratos daquele restaurante.
Assim tem sido o sexo dentro de muitos casamentos. Todo casal faz mas quase nunca conversa sobre o assunto. Imagine a qualidade de sexo que estão tendo.
Ok, eu disse “todo casal faz” mas a verdade é que nem todo casal faz sexo. Sim, chegamos a este ponto.
Uma pesquisa mostrou que entre 15 a 20 casais em cada 100 mantêm uma relação sem sexo algum ou têm sexo no máximo dez vezes ao ano. Entre as principais razões na ponta do iceberg estão:
  • marido ou mulher não procura mais o parceiro depois de ter sido rejeitado várias vezes
  • a correria do dia-a-dia trouxe o cansaço e o casal tirou o foco da vida íntima
  • a falta de “clima” ou vontade de ter sexo
A verdade é que, por alguma razão, há muita vergonha de falar sobre sexo. Por exemplo, se alguém chegar perto do seu computador e a palavra “sexo” ali no título está na sua tela, é provável que instintivamente você irá fechar esta janela e abrir outra mais “segura” — mesmo se essa pessoa for seu marido ou esposa.
Porém, não há outra maneira de melhorar nesta ou em qualquer outra área do casamento sem comunicação.
O evento “Sexo em um Casamento Blindado” lhe ajudará, entre muitas coisas, a trazer o assunto à baila no seu casamento, sem constrangimento. Como resolver pequenos e grandes problemas no quarto, como alcançar a intimidade total, como fazerem um ao outro tão realizados sexualmente que nunca pensarão em outra pessoa.
Será uma aula inteligente, descontraída, onde você irá aprender de forma clara, íntegra e sem apelação.
É claro que você pode ignorar esse evento e seguir fazendo sexo sem nunca falar ou procurar saber mais sobre o assunto.
A escolha é exclusivamente sua.

By Sede Vila Sônia with No comments

0 comentários :

    • Popular
    • Categories
    • Archives