FEIO NÃO SERVE PARA FAZER A OBRA DE DEUS.

Pode parecer estranho o título desta mensagem, mas o que vamos falar não é sobre a beleza física!
É sim sobre a beleza espiritual, exigida por Deus para aqueles que querem fazer a Sua Obra. Para compreender melhor, vou convidá-lo (a) a ler os versículos abaixo, então, entenderá o que, realmente, Deus tem a ensinar-nos.
Lembrando que aquilo que Ele falou com Moisés no passado, ainda se reflete na nossa vida espiritual, hoje!
“Pois nenhum homem em quem houver defeito se chegará: como homem cego, ou coxo, ou de rosto mutilado, ou desproporcionado, ou homem que tiver o pé quebrado ou mão quebrada, ou corcovado, ou anão, ou que tiver belida no olho, ou sarna, ou impigens, ou que tiver testículo quebrado.” Levítico 21.18-20.
Veja que, nesta passagem bíblica, o Senhor proibiu que as pessoas com defeitos servissem como sacerdotes.
Vamos, então, analisar estes defeitos mencionados na lista de Deus, deixando de lado a questão física e usando os olhos espirituais:
CEGO - Não servia para a obra. Para sermos bons obreiros, precisamos ver com os olhos espirituais. Lembre-se do caso do servo de Eliseu, que entrou em casa gritando e dizendo: “Profeta! Estamos cercados pelo exército inimigo”.
O que o homem de Deus fez?
Orou e disse: “Senhor, abra os olhos deste moço para que veja!”. E, então, ele pôde contemplar os anjos de Deus dando-lhes proteção (2 Reis 6.17). Por isso, um bom obreiro precisa ver as coisas com os olhos espirituais, não pode ser cego.
COXO - É aquele que manca. E quem manca não anda no mesmo ritmo dos demais, e acaba ficando para trás. Portanto, Deus não poderá usar-nos se estivermos a coxear pela vida.
ROSTO MUTILADO - Refere-se a como deve ser o semblante de alguém que deseja servir a Deus. Infelizmente, muitos ainda não entenderam que um sorriso no rosto e um semblante agradável valem mais do que mil palavras.
Pois, as pessoas chegam à Igreja cansadas e decepcionadas com o Mundo; maltratadas pelos problemas e oprimidas pelo diabo, e, às vezes, encontram obreiros e pastores com a cara fechada, rancorosos e preocupados com os seus próprios interesses!
DESPROPORCIONADO - Desproporcional. A pessoa que tem uma atitude exagerada – no falar, no comportamento, no modo como se relaciona com a família e os amigos, na forma como se veste, etc. – causa escândalo.
PÉ QUEBRADO - O que acontece com quem tem o pé quebrado? Não fica de pé, não é verdade? Existem muitas pessoas que querem fazer a obra de Deus, mas têm o pé quebrado, não se firmam.
Ou seja, estão aqui, depois mudam-se para lá, aparecem e depois desaparecem…“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor…” (1 Coríntios 15.58).
MÃO QUEBRADA - Quem tem a mão quebrada não consegue agarrar nada com firmeza. E a obra de Deus exige força de vontade e garra.
CORCOVADO - Lembre-se que aquele que faz a obra de Deus não pode andar de cabeça baixa. Não pode estar curvado, nem por medo, nem por vergonha. Seja um obreiro aprovado e que não tem do que se envergonhar (2 Timóteo 2.15).
ANÃO - É aquele que não desenvolveu a sua estatura. Assim são muitas pessoas que estão na Igreja, espiritualmente falando são como anões, pois, pararam de crescer.
BELIDA NOS OLHOS, SARNA E IMPIGEM - O nosso olhar, o nosso semblante, deve refletir o Senhor Jesus. Você pode ser sério, mas não arrogante; pode ser sorridente, mas não escarnecedor; pode repreender, mas com amor, nunca com ódio.
Elimine da sua vida a arrogância, a falsidade, a inveja, o medo e a inferioridade. O seu semblante ficará muito mais suave.
TESTÍCULO QUEBRADO - Que é incapaz de se reproduzir! O bom obreiro é aquele que faz discípulos. Tem que ser reprodutivo, um ganhador de almas. O bom obreiro atrai a atenção das pessoas e todos querem imitá-lo pelo seu bom procedimento.
Diante destas qualidades, é bom que você que deseja fazer a obra de Deus, ou que até já está fazendo, cuide bem da sua aparência interior, para que Deus possa usá-lo cada vez mais.
Espero ter colaborado em algo.
fonte: Blog do bispo Macedo

By Sede Vila Sônia with No comments

0 comentários :

    • Popular
    • Categories
    • Archives